Mariana Pinto

Mariana Oliveira Pinto é doutora em Didática e Formação (língua portuguesa) pela Universidade de Aveiro. É Professora Adjunta da Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Setúbal, onde leciona unidades curriculares de língua, linguística e didática da língua aos cursos de licenciatura e mestrado. A experiência de docência no ensino superior desenvolveu-se, maioritariamente, na Escola Superior de Educação de Viseu (entre 1997 e 2009), na Escola Superior de Educação de Lisboa (entre 2009 e 2017) e, desde o ano letivo de 2017-2018, na Escola Superior de Educação de Setúbal.

Paralelamente às funções de docente, tem desenvolvido uma intensa atividade no âmbito da formação contínua. Neste âmbito, colaborou em programas de formação de formadores, quer no contexto de Programas desenhados e implementados pelo Ministério da Educação, de que são exemplos o PNEP, o Programa de Formação de Professores para os novos Programas de Português do Ensino Básico (2009) e o Programa de Formação sobre a nova terminologia linguística (TLEBS), quer no contexto de formações decorrentes de convites de agrupamentos de escolas, colégios particulares e de centros de formação.

Os seus trabalhos e áreas de interesse centram-se, essencialmente, na área da didática língua (pré-escolar e ensino básico), área na qual tem publicado artigos em revistas nacionais e internacionais e produzido materiais didáticos para professores e alunos do ensino básico. Foi coautora dos Programas de Língua Portuguesa do Ensino Básico (2009) e colaborou com o ministério da educação na construção de materiais didáticos.

Enquanto investigadora, tem participado em projetos nacionais e internacionais desenvolvidos pela Universidade de Aveiro, de que é exemplo o projeto ProTextos (Ensino da Produção de Textos no Ensino Básico (PT